quinta-feira, janeiro 06, 2011

Programa de Atendimento ao Superdotado – Visita à Instituição Especializada













Com o objetivo de tentarmos conhecer melhor a realidade desses indivíduos que apresentam Altas Habilidades, nós as autoras do blog, realizamos uma visita á Classe Especial de Atendimento aos superdotados, localizada na Escola Classe 18 de Taguatinga Sul, cujo endereço é QSD 32 AE 1, telefone para contato (61) 3561 3529.
O local dispõe de 7 profissionais de diversas formações como Pedagogia, Psicologia, Artes Plásticas, Letras Português e etc. O espaço físico do  núcleo de Altas Habilidades não é amplo,  pode-se dizer que até mesmo precário, devido a importância do trabalho realizado no lugar. O espaço é de 7 salas incluindo a cozinha, a sala dos professores e sala do psicólogo. Contém uma sala específica para artes onde é trabalhado principalmente pintura em telas. Nesta sala ficam expostos diversos trabalhos confeccionados pelos próprios alunos. Possui ainda uma sala de computadores, uma pequena área verde onde fica situado um parquinho para crianças da Sala de Atividades.
O lugar recebe pessoas que apresentam o perfil de superdotado de várias regiões administrativas como Águas Lindas do Goiás, Brazlândia, Taguatinga. Para que uma criança/adolescente passe a freqüentar o local ele deve ser indicado por professores, amigos ou família. Pode acontecer de eles mesmos verem propagandas nos meios de comunicação ou na escola e conversar com o professor para serem indicados. Programas como este existem em várias outras cidades de Brasília.
Os alunos que lá recebem atendimento especializado têm habilidades variadas, como Matemática, Ecologia, Astronomia, Física, Artes Plásticas, Música e etc. Fomos informadas de que eles também participam de congressos e seminários, expondo livros, projetos de pesquisa, telas de pintura...

Muitos desses alunos começam os estudos em escolas públicas e posteriormente ganham bolsas de estudo em Escolas Particulares.

O espaço carece de recursos financeiros. Atualmente, o programa não está recebendo nenhuma ajuda do GDF, enquanto a nova gestão do governo não ser definida. Enquanto isso, o programa conta com a ajuda dos pais dos alunos que doam mensalmente alguma quantia em dinheiro e com os próprios profissionais que trabalham lá. O departamento de Física e Astronomia da UnB também colabora com o programa.

1 comentários:

hancker d disse...

cara sou super dotado e começei a falar com 3 anos o vini começou com 5 cara coom 5 já tava fazendo conta de vezes agr to com 11 anos e to fazendo progressão aritimetica e eu estudo em escola pulblica estou esperando o resultado da 2° fase da obmep de 2013 e na 1°fase tirei a pontuação mais alta da escola de 20 questões acertei 16 agr vcs me perguntam pq nao pulei de ano ................................................................................................................................................................................................... por que não quero. se ficar mais tempo na escola vou ter melhor desenvolvimento que os superdotados por exemplo se eu ficar por 6 anos na escola sem pular nem repitir um superdotado vai pular e nao vai processar mais o cérebro então é melhor ficar sem pular do que pular e repetir até que seria bom nunca estudei pra nenhuma prova e sempre tirei notas azuis no 1°ano ao 5° ano só tirava 10 em todas as matérias eceto ed. fisica pois tenho falta de ar mais nao tirava nota baixa no 6°ano mi nha nota mudou no 1°bimestre caiu. mais dps voltou agr não é semptre que tiro 10 mais eu tiro quem leu até aqui tá interessado mesmo em super dotado pois bem se ele viciar no pc(computador) não ligue isso faz parte de um superdotado como sei ? eu sou um superdotado viciado em pc

ass:minino de 11 anos

Postar um comentário